Archive for the ‘História’ Category

Hoje pela manhã, no último dia de 2010, uma notícia me deixou bastante abalado. O último rolo de Kodachrome será revelado hoje na cidade americana de Parsons, Kansas, na Dwayne’s Photo, uma das últimas empresas reveladoras de filmes.

Segundo a matéria, cuja íntegra pode ser conferida aqui, a última máquina de revelação do Kodachrome será desligada hoje e vendida como sucata.

Muitas pessoas hoje desconhecem a lenda que é o Kodachrome, mas fazendo uma busca no Google Images por Kodachrome há uma gama de fotos, entre elas algumas até icônicas.

Eu mesmo usei o Kodachrome diversas vezes e as cores eram realmente o ponto alto do filme, seja em sensibilidade baixa ou média.

A própria Kodak criou uma galeria ‘tributo’ onde três fotógrafos profissionais postaram fotos feitas com o Kodachrome e que valem a pena ser vistas.

Selecionei algumas imagens de diversas épocas que encontrei na internet. Para ver o site original onde foi postado clique na imagem.

Descanse em paz Kodachrome.

Read Full Post »

Em 05 de dezembro acompanhei diversos fotógrafos paulistanos de vários grupos do Flickr num encontro com os membros do Fotoclube Amigos de Santos para conhecer e fotografar o centro histórico de Santos, compreendendo a Prefeitura, a Bolsa de Café (com seu Museu do Café), a Cadeia Velha e Monte Serrat. O passeio incluía também um passeio de escuna e uma noturna pela cidade, ambos protelados a um próximo encontro devido ao mau tempo.

Abaixo, uma amostra do que mais gostei da visita. Para ver outras fotos da visita, acesse a galeria completa no Flickr.

Prefeitura e Bolsa do Café

Monte Serrat e Bolsa do Café

Tarifeiro e Noviças

Cadeia velha e Bondinho

Read Full Post »

É estranho pensar que já passei inúmeras vezes pela Estação da Luz e a cada vez meus olhos vêem algo diferente, inusitado.

Creio que é o viver, a experiência adquirida, que modifica o olhar e nos faz perceber os detalhes, as nuances, as texturas. Aparecem novas cores, novos ângulos. É como visitar um outro mundo, uma dimensão que ainda não podia ser vista e experimentada.

Venham por esta visita virtual conhecer a Estação da Luz como eu a vi naquele dia. Abaixo, uma amostra da minha galeria no Flickr.



Read Full Post »

Uma nova caminhada noturna ocorreu dia 11/11 com a participação de um médico e professor, cuja função foi a de mostrar os locais históricos da medicina no centro da capital.

O roteiro começou no Teatro Municipal que é ponto de encontro comum de todas as caminhadas e percorreu a Rua Xavier de Toledo, Rua Quirino de Andrade, a passarela sobre a Av. 9 de Julho, Rua do Ouvidor, Rua Benjamin Constant, Praça da Sé e Rua Tabatinguera.

Nas fotos abaixo, uma amostra do que pode ser visto em minha galeria Caminhada Noturna – 11/11/2010, no Flickr.

View of 23 de Maio avenue near Bandeiras square and Chá bridge

View of 23 de Maio avenue near Bandeiras square and Chá bridge

Building in the crossing of Quintino Bocaiúva and Benjamin Constant streets

Building in the crossing of Quintino Bocaiúva and Benjamin Constant streets

Night lights

Night lights

Light Shopping Center

Light Shopping Center

Read Full Post »

Desde 2005, Carlos Beutel organiza as Caminhadas Noturnas pelo centro de São Paulo, contando aos participantes um pouco da história do centro desta cidade tão cosmopolita. Os passeios ocorrem às quintas-feiras à noite, geralmente com ponto de encontro na frente do Teatro Municipal. Vestindo coletes amarelos, há pessoas de todas as idades com um intuito único: conhecer melhor a cidade onde vivemos.

Com menos pessoas circulando, tudo é muito diferente. As luzes, as cores, as pessoas… Parece um outro mundo, com personagens bem distintos daqueles que vemos durante o dia. Há pessoas que participam dessas caminhadas desde o início, comenta uma professora que utiliza o que ela aprende sobre a história da cidade em suas aulas de inglês.

No último dia 28 ocorreu um passeio-denúncia em conjunto com o grupo ClickSP – Fotografando São Paulo com o objetivo de conscientizar e documentar a situação de abandono das fontes de água da capital. Foram visitadas as duas fontes da Ladeira da Memória no Anhangabaú; a fonte na praça central onde há uma escultura, Drusa, de Denise Milan; o chafariz da Praça Ramos de Azevedo – também chamada de fonte dos desejos -onde há diversas esculturas, entre elas um monumento dedicado a Carlos Gomes e um a Rui Barbosa; os lagos artificiais e fontes da Praça da República e o monumento e fonte da Praça Júlio de Mesquita.

Abaixo, algumas imagens que tirei durante o passeio.

Fonte abandonada na Praça da República

Fonte abandonada na Praça da República

Fonte abandonada no Largo da Memória

Fonte abandonada no Largo da Memória

Visão geral de fonte em um dos lagos artificiais da Praça da República

Visão geral de fonte em um dos lagos artificiais da Praça da República

Fonte de água abandonada no Largo da Memória

Fonte de água abandonada no Largo da Memória

Para mais informações sobre as caminhadas, leia as matérias abaixo:

Vegetariano revitalizando o Centro
Andarilhos no centro

Para ver minha galeria completa de imagens do passeio, acesse: http://www.flickr.com/photos/gandhalfthewhite/sets/72157625273531990/

Outras fotos relevantes sobre a saída estão disponíveis em:

Read Full Post »

%d bloggers like this: