Posts Tagged ‘Aniversário’

Ontem não houve bolo. Não houve festa. Não houve entrega de presentes. Não houve visita em casa.

Fui sim visitado virtualmente pelas pessoas que conheci ao longo de 53 anos bem vividos – talvez não vividos como gostaria que fosse – mas cujo percurso não mudaria pois me ensinou muito da vida.

Talvez pela falta do bolo, da festa e dos presentes, me dei conta de como sou afortunado por ter tantos amigos. Seja por Whatsapp, Messenger, e-mail ou telefone, as mensagens foram chegando, algumas curtas, outras longas, algumas engraçadas, hilárias; outras emotivas, singelas. Mas em todas senti que estava sendo abraçado. Senti-me querido, senti-me parte de um coletivo, de uma família que se mostra virtual mas que é muito real e palpável. Como não se emocionar?

Depois de ler cada mensagem tentei recordar como foi aquele precioso momento em que cada um havia entrado em minha vida e quais momentos se eternizaram na memória, que infelizmente já não é tão boa. Ri e chorei bastante, como me é peculiar, até porque algumas dessas pessoas estão muito distantes, vivendo uma outra realidade e sinto que será difícil revê-las.

E fazendo um balanço da minha existência até o momento acabei me surpreendendo. O saldo foi tão positivo e tão emocionante que agradeci a Deus por tudo que Ele sempre me deu, não no material, mas em bençãos, em amizades, em amores, em livramentos, em experiências, em emoção, em vida.

Obrigado de coração a todos pelo carinho, pela lembrança, pela interação, pelo abraço presencial ou virtual, por esses momentos de viver que valem tanto. Foi muito especial, principalmente porque ocorreu num ano de muitas mudanças em minha vida pessoal e profissional. Está sendo desafiador, mas me sinto fortalecido para lutar porque tenho amigos, amor, carinho, amizade, esperança e fé. Sou o que sou pelos pais que tive, pelos professores que conheci, pelos amigos fiz e que me apoiaram e criticaram, pelo prazer e pela dor do amor, pela perda, pelo reencontro, pela despedida, pelo recomeço.

Deixo um poema de Ivone Boeachat que gosto muito e parece apropriado lembrar aqui.

“A amizade
é o mais belo afluente do amor,
ela ajuda a resolver,
com paciência,
as complicadas equações
da convivência humana.

A amizade
é tão forte quanto o amor.
Ela educa o amor,
sinalizando o caminho da coerência,
apontando as veredas da justiça
controlando os excessos da paixão.

A amizade
é um forte elo que une pessoas
na corrente do querer.
Amizade
é cola divina,
quando cola demais,
pode doer.

A amizade
tem muito mais
juízo que o amor,
quando ele se esgota
e cisma de ir embora,
ela se propõe a ficar
vigiando o sentimento que sobrou.”

Read Full Post »

%d bloggers like this: